Skip to main content

São Paulo: 6 lugares clássicos e imperdíveis para conhecer

São Paulo, a “terra da garoa”, é uma das cidades mais populosas do mundo. Foi fundada em 1554 por padres jesuítas e hoje é mundialmente conhecida, seja do ponto de vista cultural, econômico ou político. Neste artigo – São Paulo: 6 lugares clássicos e imperdíveis para conhecer – você poderá acompanhar e se planejar para visitar estes pontos icônicos de São Paulo.

A capital paulista entrega um leque inacabável de opções voltadas ao lazer e ao turismo. Uma dica é você escolher pontos turísticos por região, assim, você otimiza o tempo de deslocamento. São tantas coisas que podem ser feitas em São Paulo que fica difícil de escolher. Por isso, selecionamos 6 pontos clássicos que você deveria conhecer ao visitara cidade. São eles:

Museu de Arte de São Paulo (MASP)

Fundado em 1947 por Assis Chateaubriand, o MASP conta hoje com exposições permanentes de mais de 8 mil obras advindas de todos os continentes e de variados tipos, estilos e autores, entre elas pinturas, esculturas, fotografias, peças de vestuário e o acervo ainda conta com nomes como Picasso, Van Gogh, Monet, Portinari e Anita Malfatti entre outros ícones internacionais e nacionais. O edifício do museu é considerado um dos cartões-postais de São Paulo e conta com restaurante, cafeteria e espaço para as crianças. O museu fica aberto para visitação de terça a domingo, com entrada paga e gratuita às terças.

 

Avenida Paulista

Este é um passeio para quem quer contemplar o melhor da diversidade de São Paulo. Ela é endereço de prédios comerciais, museus, centros culturais, bares, teatros, cinemas de rua e shoppings — e também de apresentações de vários artistas que se espalham sob as calçadas. Outro fato interessante é que a avenida fica fechada para veículos aos domingos, então pedestres, ciclistas ou skatistas podem aproveitar o espaço livre. Ainda nesses dias você ainda pode curtir apresentações musicais e artísticas.

 

Parque Ibirapuera

Inaugurado em 1954 em comemoração ao quarto centenário da cidade, é um dos mais importantes de São Paulo. São 158 hectares de área com três lagos artificiais, muita área verde, e o mais bacana: nele existem museus, auditórios, planetário, esculturas, monumentos históricos, jardins, playgrounds, quiosques, ciclovias, quadras, pistas de corrida e passeio, área de descanso, lanchonetes, campos de futebol, aparelhos de ginástica e muitas outras atrações que justificam a visita.

 

Mercado Municipal

Mercadão é o apelido carinhoso pelo qual também é conhecido, foi inaugurado em 1933 e fica localizado no centro histórico de São Paulo. Assim, quando o visitar, você pode aproveitar e dar uma passeada entre os prédios históricos da cidade. A estrutura do prédio, já tombado, é belíssima, com colunas com referência do estilo grego, claraboias, painéis e vitrais que remetem arealidade paulistana da época da sua inauguração. São 12.600m² que abrigam 290 boxes e movimenta toneladas de alimentos variados que vão desde aos mais exóticos até os corriqueiros. E é nele que você encontra o mais tradicional lanche de São Paulo: o sanduíche de mortadela (nhami!). E também os conhecidíssimos bolinho e pastel de bacalhau. Com certeza um lindo e gostoso passeio.

 

Catedral da Sé

Também intitulada de Catedral Metropolitana de São Paulo, é considerada um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo, e foi inspirada nas grandes catedrais medievaiseuropeias. Sua inauguração ocorreu somente em 1954. A catedral apresenta mosaicos, esculturas e mobiliário que vieram da Itália. A cripta, que fica debaixo da Catedral, é um ponto a ser visitado. Nela são sepultados bispos, arcebispos e personagens importantes da história do Brasil, como o índio Tibiriçá, Regente Feijó, cacique Guaianás, entre outros. A Praça da Sé, em frente à Catedral, abriga o Marco Zero que ilustra o mapa das principais estradas que partem de SP para outros estados.

 

Estação da Luz

Considerada a “sala de visitas” de São Paulo, a Estação da Luz foi aberta em 1901 como estação ferroviária. Têm estruturas trazidas da Inglaterra e que copiam o Big Ben e a abadia de Westminster. Era através da Estação da Luz que diversas personalidades e pessoas desembarcavam vindas de todos os locais todos os dias, incluindo muitos imigrantes. Uma dica é fazer a visitação monitorada em que um guia explica direitinho a importância dos acontecimentos e do prédio. Com certeza vale uma visita.

Você ainda pode ir a museus, avenidas famosas, parques e bairros que guardam a cultura de seus imigrantes. Mas o mais gostoso é terminar toda essa maratona de lugares maravilhosos com um almoço ou jantar com o melhor galeto do Brasil! Então, renove as energias passando no DiPaolo São Paulo ele está localizado em uma das principais avenidas da capital paulista, próximo ao aeroporto de Congonhas e em um dos bairros mais destacados pela vida noturna e econômica, o Vila Olímpia. Venha curtir nossas delícias, estamos te esperando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *