Skip to main content

História das massas, inspiração e sabores

A história da massa (ou pasta) começa muito antes do que imaginamos. Antes mesmo do nascimento de Cristo, os Gregos e Etruscos já produziam e consumiam as primeiras versões do alimento. Inicialmente a massa era muito rudimentar, apenas com o grão do trigo moído e água, assada próxima do fogo e em cima de pedras. Porém, há controvérsias de onde realmente se iniciou a produção e o consumo da massa, com uma disputa que fica entre árabes e chineses. O que sabemos é que a massa ao estilo spaghetti, como conhecemos hoje, veio mesmo da Itália. Outra certeza é que: todos adoramos!

Pelo andamento da história, podemos afirmar que foi mesmo na Itália que a massa ganhou força, inclusive com o surgimento de “masseiros” que impunham leis e regras para a fabricação. Em meados de 1550, com a chegada do tomate, vindo da Índia, foi criado o primeiro macarrão com molho de tomates e aromatizado com manjericão – antes ele era consumido somente com queijo –, ou seja, SUCESSO! Assim, consumo se consolidou e se espalhou pelo mundo.

Hoje temos uma variedade imensa de massas frescas e secas em vários formatos: spaghetti, bucatini, lingune, pappardelle, capellini, fusilli, penne, farfalle, conchiglie, torrellini, ravióli, entre muitas outras versões, sempre servidas com molhos deliciosos ou em sopas cheias de sabores.

Herdeiro de toda essa história, o Casa DiPaolo, inspirado em todos os tipos de massas, tem em seu cardápio algumas variações preparadas com toda a técnica exigida e com o tradicional carinho e conhecimento da nonna. Inclusive o DiPaolo oferece vários tipos de pasta para você levar e preparar em casa e encantar a sua família você pode escolher entre: Capeletti, Fidelini, Macarrão, Nhoque, Ravióli, Spaghetti, Spaghettoni, Tagliarini e Tortéi e ainda, se preferir, pode escolher um dos molhos prontos para compor seu prato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *